Cortes

Cortes Chevalier

O Grau de Chevalier é a maior honraria que um DeMolay ativo pode receber. Para o Sênior DeMolay, esta honraria esta atrás apenas da Legião de Honra. O Supremo Conselho poderá conferir o Grau de Chevalier a um membro da Ordem DeMolay, ou a um Sênior DeMolay que tenha desempenhado serviços notáveis e meritórios em beneficio da Ordem DeMolay e que tenha sido um membro conceituado e atuante durante um período de pelo menos 04 (quatro) anos consecutivos.

Cada Grande Mestre Estadual poderá indicar 01 (um) membro por Capítulo da sua Jurisdição para receber a Honraria ao ano, porém cabe ao Conselho Consultivo a indicação preliminar do membro do Capítulo.

O Formulário de Nomeação de Honra, disponível para download neste site, deve ser preenchido com a correta qualificação do candidato, cabendo ao Supremo Conselho, autoridade que confere o Grau, referendar a indicação.

É necessário, além dos emolumentos referente ao Diploma, que se adquira antecipadamente as jóias próprias do Grau, ou seja, o Anel e o Colar. Estas parafernálias são adquiridas no DeMolay Shop, em www.demolayshop.com.

O indicado não poderá, em hipótese nenhuma, ter ciência antecipada do processo, por isso, tudo deve ser realizado no absoluto sigilo. A cerimônia de investidura, que relembra os antigos anos de Cavalaria, deve ser realizada publicamente. Nela o candidato promete cumprir, anualmente, no dia em que faleceu Frank Sherman Land, 08 de novembro, uma Observância Anual, em memória ao nosso fundador.

A Organização Afiliada que agrega os Chevaliers é denominada de Corte de Chevaliers. Sua função é:

  • Conferir o Grau de Chevalier àqueles jovens nomeados pelo Supremo Conselho;
  • Organizar a Observância Anual;
  • Conduzir Instalações e Posses dos Capítulos e Priorados, apenas quando requisitado pelos mesmos;
  • Auxiliar na organização de conclaves, encontros e Congressos estaduais.

Uma Corte de Chevaliers pode ser formada com a solicitação do Grande Conselho Estadual ao Supremo Conselho. É ser composta por, no mínimo, 5 Chevaliers que comporão os cargos de Grandes Oficiais:

  • Grande Comendador Chevalier;
  • Grande Comendador ao Ocidente;
  • Grande Comendador ao Sul;
  • Secretário;
  • Capelão;
  • Grande Mestre de Cerimônias.

CURIOSIDADE: Porque Chevalier?

Logo depois da grande depressão Americana, a Ordem DeMolay procurou retomar seu crescimento. A Legião de Honra já existia, mas sentia-se falta de uma honraria semelhante aos mais jovens, visto que a média de idade dos legionários era de 30 anos. O nome "Chevalier" surgiu de um diálogo entre Tio Clarence Barnickil e Tio Frank Sherman Land neste sentido:

Ir. Clarence perguntou: E os jovens? Se a Legião de Honra foi criada para os mais velhos, porque não criar alguma coisa semelhante para os mais jovens?

Tio Land respondeu: Você está certo, Clarence. Eu conversei com algumas pessoas e achamos que deveria existir outro prêmio. Talvez um grau para reconhecer a liderança DeMolay - e continuou - você se lembra dos anos 20, quando alguns de seus amigos foram selecionados para ajudar na iniciação e no meu trabalho? Para identificá-los como líderes, vocês usavam um boné amarelo em todas as reuniões. Você se lembra?

Ir. Clarence respondeu: Claro que me lembro. Eles eram iguais aos do rito Escocês, a única diferença era a cor.

Tio Land sorriu e disse: E como eu os chamava? Você se lembra do que estava escrito no boné?

Ir. Clarence: Sim. Era Chevalier!